terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Governo e Estado brasileiro amesquinha e escraviza o povo ao aprovar 50 anos de contribuicao da Previdencia Social, golpe jamais perpetrado contra trabalhador

Neoescravagismo, neologismo para designar o que o capitalismo selvagem de wall streat, londres, pequim, toquio e da av. paulista faz com o trabalhador modeno. A casa proprio, os juros altissimos, as prestacoes de agua e luz. O celular, a internet tudo quanto o capitalismo financeiro e selvagem lanca [e para escravizar a liberdade relaltiva do ser humano ao materialismo sem precedentes na historia da humanidade que destroi a natureza e por consequencia o homem que faz parte dessa natureza.
Observe, a Reforma da Previdencia, nao afeta nunca a elite, ricos, empresarios, juizes, politicos e os aforotunados pelo dinheiro de fama e mérito.

O povao jaz nas masmorras de levantar cinco horas da manha e ir dormir as 9h30 para levantar cedo nos seis dias da semana e ganhar um ou dois salarios minimos e ainda ter que contribuir 50 anos para a previencia social lhe aposentar em media em 7 (sete) anos. Isso criminoso, ilegal, imoral e inscontitucional, nao e possivel que isso venha passar no Congresso e Senado, se passar e convite para a subversao, para a guerra declarada entre povo e governo, estado que amesquinha a existencia do brasileiro, e o neo escraviza.

Leia mais http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2016/12/06/trabalhador-tera-de-contribuir-49-anos-para-receber-100-da-aposentadoria.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário