terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

A meritocracia falhou e deram a vaga para Alexandre Morais. Assim a Lava Jato, esfria, até congela?

A Operação Lava Jato está em fase terminal? O diziam em 2016 que sim. O que vemos na prática é não. Poderia o "líder" juiz Sérgio Moro, se sair da liderança da Operação, esfriar ou até mesmo esvaziar o efeito e a punição, bem como as investigações pela Polícia Federal?

O reino das especulações é tentador ainda mais quando se trata do Brasil, e principalmente da Elite, que pensa e manda no país. O juiz falecido abruptamente em acidente, misterioso, de avião Teori Zavacski, já possui sucessor, o ministro da Justiça, outro partidário do PSDB, é nomeado pelo vice-presidente que virou presidente em dobradinha de partidos, onde se lê PMDB-PSDB, e Alexandre Morais, se passar na sabatina dos Senadores, obviamente que passará, poderá ser revisor dos processos da Lava Jato, inclusive votar, ou não votar, o que atrapalha, às vezes muito mais do que votar em processo movido pelo Supremo, contra Michel Temer, isso mesmo, voto de suspeição.


Ademais, todos sabem que um dos cogitados era Sérgio Moro, sua nomeação evidenciaria muitas coisas, até mesmo uma pseuda armação para que o juiz chegasse a ministro e sua liderança fosse, digamos "esfriada" e até mesmo congelada na Operação Lava Jato. Essa hipótese não está
descartada de maneira alguma. Tudo pode acontecer existem políticos que trabalham na sorrelfa, dia e noite para achar uma brecha na Constituição que os proteja do "tacape" jurídico que o juiz usa quando investiga-PF-, processa e homologa e sentencia. Ele tem a força, ele tem o poder, ele executa tudo há dois anos e muitos curtem férias nas penitenciárias federais e estaduais, depende do gosto do veranista.

Porém o tempo, segundo filósofos e frasistas, é o pior juiz e carrasco do ser humano, a ninguém perdoa, cobra a todos e com faturas iguais, a velhice, a morte.
É fato que o ministro Celso de Mello, hoje usa uma bengala, e já com 71 anos, aproxima-se a idade elástica de juiz para se aposentar 75 anos, é Lei, é "direito". Ocorre que sob pressão negada o juiz, doente da coluna, Celso parece que foi desgaste do quadril ou joelho, se aposentou antes dos 75 anos, ele tem 61 anos. A dúvida que paira e se Celso de Melo, ainda este ano se aposentar?
Acredito, se especulação que Sérgio Moro, será o juiz indicado pelo Palácio da Alvorada,  assim se colocaria, panos quentes para esfriar e depois gelo nos processos, principalmente, dos políticos, para que não andasse. A Justiça brasileira e os doutos juristas com o séquito  de advogados sedentos pelos gordos honorários sabem como fazer o processo durar mais de 20 anos, crimes prescreverem, pessoas implicadas morrerem e a impunidade ficar nas calendas brasileiras da história da impunidade.

O juiz Sérgio Moro, nos USA, usou uma frase, que pelo menos no meio futebolístico é irônica. Ele disse ao ministro da Justiça, o desejou quando soube de sua indicação pelo Michel Temer, "Boa sorte", ora ele era um concorrente, será que ele ficou contente mesmo e desejou do fundo do coração. Será que ele não se sentiu preterido dentro da ciranda de cargos pela meritocracia. Entre Sérgio e Alexandre, o mérito, seria de Sérgio Moro, sem dúvida alguma. Isso talvez poderá até mesmo esfriar relações e influir na Operação Lava Jato? Mais a morte da esposa de Lula, onde jogaram na conta, no colinho do juiz, a sentença de que a Lava Jato, não processa igualmente outros partidos como o PT e que o processo contra Marisa Letícia Lula da Silva, foi político para atacar, diminuir e acuar Lula, o candidato que pode melar a eleição do PMDB-PSDB de 2018. Tudo conjeturas, campo e mundo das especulações, que fazem parte do imaginário e do dia a dia do poder brasileiro, nefasto ao direito do cidadão que pode ser roubado, pode ficar sem saúde, seus filhos sem educação que lhe desperte o futuro. Enfim, pagar imposto para comer, beber e dormir, está bom demais.


Marcelo dos Santos - 16.539 - MTb -SP/SP

Nenhum comentário:

Jornal de Saúde informa

Tudo pelo foro (2): Gleisi Hoffmann, não disputa

Brasil Atualização diária  ⋅   12 de dezembro de 2017 NOTÍCIAS Tudo pelo foro (2): Gleisi Hoffmann O Antagonista (Blogue) A pres...

Jornal de Saúde