terça-feira, 1 de agosto de 2017

Precarização, autorizada e legalizada


*Clemente Ganz Lúcio

O sistema capitalista está sempre se reinventando. A busca desenfreada pela competitividade – lucro maior, obtido cada vez mais rapidamente - desloca as plantas das empresas para locais onde a relação entre custo do trabalho, salários e produtividade é favorável para o negócio e promove profundas mudanças tecnológicas em todas as áreas de produção de bens e serviços.

Onde essa estratégia encontra resistência social e/ou institucional, os donos do capital pressionam para que haja flexibilização absoluta dos contratos, da jornada de trabalho, dos salários e das condições de trabalho, visando criar mecanismos que deem garantias legais para reduzir o custo do trabalho. Quebra-se o poder sindical e a solidariedade de classe. Ao indivíduo-trabalhador é oferecida a liberdade para negociar a precariedade das condições de trabalho.

O emprego clássico – aquele com vinculo, em que o trabalhador atua em período integral e recebendo salário – perde terreno e já é menos de 25% da força de trabalho no mundo. Ou seja, em boa parte dos países, mais de ¾ dos trabalhadores têm empregos temporários, contratos com prazo determinado, jornadas parciais e vínculos informais.

As diferentes formas de precarização derrubam a renda das famílias, enquanto aceleram o crescimento da renda do capital e de acionistas. Crescem as desigualdades na distribuição funcional da renda. As famílias são pressionadas a aumentar a jornada dedicada a diferentes trabalhos precários, que oferecem baixos salários, para compor a renda.

O Brasil, sintonizado com essa “modernidade” – sim, chamam isso de modernidade -, abre a economia à avidez dos investidores internacionais que procuram bons negócios. A institucionalidade das relações de trabalho no país atrapalha esse plano, porque não é suficientemente flexível para reduzir o custo do trabalho.

Qual a estratégia? Criar uma nova institucionalidade, capaz de proteger as empresas e seus investidores, com o objetivo de criar um sistema de relações de trabalho que processe, de maneira permanente e segura, uma redução adequada do custo do trabalho.

O projeto de reforma trabalhista elaborado por agentes dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) é perfeito nesse aspecto, porque faz uma mudança institucional estrutural e de longo prazo. O Brasil ampliará a inserção global com instituições laborais capazes de oferecer a máxima flexibilidade nas formas de contratar, definir jornada e fixar remuneração. A precarização sem fronteiras será autorizada e legalizada.

E os impactos disso tudo sobre as condições de vida, a coesão social, a demanda e formação do mercado interno, a dinâmica do desenvolvimento econômico e social, a soberania? A resposta a essas questões exige outro projeto de desenvolvimento de caráter nacional. Por isso, o futuro se abre como um enorme desafio, exigindo as velhas e sempre renovadas lutas sociais e políticas!


 *Clemente Ganz Lúcio é  Sociólogo, diretor técnico do DIEESE, membro do CDES – Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e do Grupo Reindustrialização 

Prefeitura de Araruna oferece várias especialidades medicas à população

Todas as especialidades médicas
Atualização diária 1 de agosto de 2017


NOTÍCIAS

Prefeitura de Araruna oferece várias especialidades medicas à população
A prefeitura de Araruna através da Secretaria Municipal de Saúde informa à população que já está oferecendo diversas especialidades médicas de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Crimes em ônibus e roubos a pedestres diminuem em Belo Horizonte em 2017


  1. Anúnciowww.jornaldesaude.com.br/
  2. Depressão, Dores de Coluna, Insônia, Relaxamento, Estresse, Cansaço, Esgotamento
    Você visitou jornaldesaude.com.br duas vezes. Última visita: 7 dias atrás

    saúde em Belo Horizonte/MG
    Atualização diária 1 de agosto de 2017


    NOTÍCIAS

    Acidente entre carro, bicicleta e van deixa mortos na BR-040 em Barbacena
    Uma passageira da van morreu na unidade de saúde. ... com placas de Esmeraldas (MG), de 42 anos, viajava sentido Belo Horizonte quando colidiu ...
    Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


    Crimes em ônibus e roubos a pedestres diminuem em Belo Horizonte em 2017
    Porém, as ocorrências em postos de saúde tiveram alta de 28,87%. ... A presença da guarda municipal nas linhas de ônibus de Belo Horizonte vem ...
    Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


    Tio de bebê que passou pelo abrigamento compulsório em BH diz que Justiça 'está toda errada'
    Tio de bebê que passou pelo abrigamento compulsório em BH diz que Justiça ... A medida determina que profissionais de saúde devem comunicar à ...
    Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Você já ouviu falar em anosmia?

Você já ouviu falar em anosmia?
Idosos são os mais atingidos pela doença

O termo anosmia significa perda completa do olfato. Trata-se de uma situação que pode ser potencialmente perigosa, já que diante de odor de gás (vazamento) ou de fumaça (incêndio), alimentos estragados, a pessoa que sofre de anosmia será o último a perceber o perigo. 

Os sintomas incluem a perda da percepção de cheiros e do gosto das coisas, mas existem ainda os casos em que há uma distorção nestas percepções, quando o indivíduo percebe cheiros estranhos e gostos atípicos do habitual. 

A causa da doença pode estar relacionada com a lesão do nervo do olfato ou obstrução à passagem de ar pelas fossas nasais, incluindo trauma, pólipos nasais, rinite alérgica, sinusite, resfriados, gripes, sequela de infecções virais, inalação de produtos químicos tóxicos, tumores, uso de determinados medicamentos tóxicos ao olfato, diabetes, doença de Alzheimer, doença de Parkinson, radioterapia, quimioterapia, desnutrição, esclerose múltipla, deficiência vitamínica, tabagismo, envelhecimento, herança genética, AVC (acidente vascular cerebral), entre outros. 

A anosmia é mais prevalente em idosos devido a degeneração dos neurônios implicados no sentido olfativo. Os homens são os mais afetados.

Tratamento - o sintoma pode ser agudo ou crônico. É agudo nos casos de rinite alérgica, sinusite, resfriados, gripes; e desaparece assim que há tratamento ou resolução dos quadros clínicos descritos. São casos crônicos aqueles que persistem por mais de três semanas. O tratamento é diversificado, e varia de acordo com a causa. 



A Dra. Jeanne Oiticica, médica otorrinolaringologista, otoneurologista e Chefe do Grupo de Pesquisa em Zumbido do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, explica que quando há obstrução à passagem de ar pelas fossas nasais o uso de descongestionantes, anti-histamínicos, sprays nasais, anti-inflamatórios hormonais (esteroides) costuma resolver o problema. “Nos casos de sinusite, o tratamento faz-se com antibióticos. Quando a causa é gerada pelo tabagismo, deve-se parar de fumar, largar o vício. No caso de pólipo nasal o tratamento requer cirurgia e desobstrução da via nasal interditada. Quando a anosmia é causada por sequelas, existem alguns medicamentos do tipo antioxidante que podem ajudar. Portanto, o tratamento é direcionado caso a caso, de acordo com a etiologia”, conclui Dra. Jeanne. 

Apneia do sono: 90% da população tem e não sabe


Dr. José Flávio Torezan, bucomaxilofacial, explica como funciona o tratamento 
Resultado de imagem para apneia sono
Foto ilustração 
Passamos um terço da vida dormindo e, apesar de parecer uma atividade improdutiva, o sono tem um papel fundamental para o funcionamento do nosso corpo. Ele possui uma função reparadora e a falta de um descanso adequado pode trazer graves consequências como obesidade, prejuízo da memória e da concentração, maior risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral, entre outras.

Dados da OMS revelam que 40% da população possui algum distúrbio do sono. Dentre os transtornos, a apneia é o problema mais comum, sendo um distúrbio do sono grave em que a respiração para e começa repetidamente. Pesquisas apontam que 90% das pessoas que sofrem desse mal não foram diagnosticadas. De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 50% da população brasileira se queixa de qualidade de sono ruim e 33% sofre de apneia do sono.
O Dr. José Flávio Torezan explica como funciona o tratamento para a apneia: “O objetivo principal do tratamento é manter as vias respiratórias abertas para que durante o sono a respiração não seja interrompida. Em alguns casos é indicado o uso de aparelhos odontológicos na boca durante a noite para manter a mandíbula posicionada mais para frente e impedir o bloqueio das vias aéreas e em outros casos a cirurgia é a melhor opção”, conclui Torezan. Segundo o especialista, em casos mais graves é indicado a cirurgia maxilar, que melhora muito a qualidade de vida do paciente.

Outros temas ligados a especialização do Dr. José Flávio Torezan:
  • Adultos e crianças: Apneia Obstrutiva do sono baixa a qualidade de vida e pode diminuir a expectativa de vida
  • Cistos nos maxilares podem ser descobertos por acaso com raio X panorâmico
  • Bichectomia
  • Medicamentos específicos para osteoporose podem causar necrose nos ossos maxilares
  • Respiração bucal na criança pode levar a deformidades dos maxilares na fase adulta exigindo cirurgia ortognática para corrigir
  • Dentes ou próteses que machucam a língua ou buchecha podem levar ao aparecimento de câncer bucal
  • Dentes infeccionados ou dente do siso inflamado pode causar infecção no coração
  • Implantes dentários em idosos. Até qual idade podemos realizar?
  • Cirurgias de ATMs podem estar sendo indicadas sem necessidade
  • Compreendendo os Dentes do Siso Impactados
  • Implantes
  • Você tem vários dentes em fala?
  • Apenas um dente faltando ou danificado?
  • Tenha o Seu sorriso de volta
  • Todos Merecem se alimentar usando dentadura.
  • Cirurgias ortognáticas (deformidades dento-faciais)
  • Dor orofacial
  • Fraturas Faciais
  • Tumores de boca e face
  • Reconstruções ósseas de boca e face
  • Cirurgia Ortognática com benefício antecipado - Ou seja primeiro a cirurgia (logo após a colocação do aparelho ortodôntico) e o paciente não tem que esperar o tempo de preparo ortodôntico convencional.   Ele é operado e em seguida começa o preparo  ortodôntico.    Dai o paciente não se sente tão com aparência ruim no pré cirurgia.  A aceitação desse tratamento é maior pelos pacientes.

Dr. José Flávio Torezancirurgião bucomaxilofacial

Denunciado, Temer reedita discurso de Dilma Rousseff


Michel Temer
Atualização diária  1 de agosto de 2017
NOTÍCIAS
Michel Temer deve cair, doa a quem doer, diz leitora
Embora não tenha sido entrevistada, como assinante e como cidadã, quero, sim, que Michel Temer caia, assim como deverão cair todos aqueles que ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Bancada federal de Alagoas deve votar contra Michel Temer
Bancada federal de Alagoas deve votar contra Michel Temer ... República contra o presidente Michel Temer, afastando-o temporariamente do Palácio ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Michel Temer decreta a participação das Forças Armadas para “salvar” os cariocas
O Rio de Janeiro vive uma situação de penúria e fatos diários relacionados com a violência urbana. O governo estadual falido, conduzido por Luiz ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Temer mandou JBS entregar R$ 3 milhões a Cunha em dinheiro vivo
247 – Primeiro ocupante da presidência da República denunciado por corrupção na história do Brasil, Michel Temer mandou a JBS entregar R$ 3 ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Câmara tem que aprovar processo contra Temer, pelo bem do Brasil
O Brasil está mais do que cansado do desastroso governo Michel Temer, o ilegítimo. O acúmulo de notícias ruins — a última dá conta de que o Brasil ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Temer janta até com Aécio Neves em dia de definir estratégia para enfrentar denúncia na Câmara
A três dias da votação que pode selar seu destino político, o presidente Michel Temer se reuniu com aliados na noite deste domingo (30) para fazer ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
WEB
Denunciado, Temer reedita discurso de Dilma Rousseff
Dita em abril no ano passado por Dilma Rousseff, a frase ecoa hoje no Palácio do Planalto, onde Michel Temer tem reeditado o discurso de sua ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Agenda de Presidente Michel Temer para 01/08/2017
Marcos Pereira, Ministro de Estado da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e Deputado Silas Câmara (PRB/AM). Local: Palácio do Planalto.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Michel Temer grava participações em programas do SBT, vai lembrar quem: João Baptista de Figueiredo, será que vem a dita por aí?

Michel Temer Atualização diária  ⋅   19 de janeiro de 2018 NOTÍCIAS Preferido do DEM para o Planalto, Maia despista: 'Não sou car...

Jornal de Saúde