quinta-feira, 9 de novembro de 2017

A política sórdida de bastidores no Brasil derruba a arte de administrar

ARTIGO

Escrito nas eleições de 2010 e continua atual para a política de Belo Horionte e Minas Gerais


A máfia que domina a política em BH/MG e podemos afirmar o Brasil destrói cada eleição quase faz no país o ideal de melhorar as condições básicas da sociedade: educação, saúde,transporte, saneamento básico, emprego e distribuição de renda-sem inflação que corroa a renda do trabalhador, principalmente. Os candidatos eleitos são fraudulentos em todos os sentidos imagináveis desde nepotismo-proibido recentemente por lei- a corrupção ativa e passiva com ameaça velada de morte.

Em Belo Horizonte há candidato que segundo opositores que alçam voo para a câmara e o   executivo são proprietários de prostíbulos. Outrora vereadores pagavam salários para seus parentes no valor de R$ 10.500,00 sendo que a mãe do dito cujo recebia apenas R$ 500,00 conforme declaração da própria mãe.
Na região metropolitana de BH/MG os discursos de candidatos que corre nos bastidores e a boca miúda é o de suborno de R$ 15.000,00 para retirada de candidatura e engajamento em campanha de quinta eleição para a câmara. A compra de voto com santinho onde dentro quando a pessoa olha tem a cédula de R$ 50,00. E, o inacreditável, o descompromisso do candidato que age assim após eleições que afirma quando procurado que comprou o voto e
que, portanto não tem compromisso nenhum com a sociedade. Verdade, mentiras ou cabe o provérbio de onde tem fumaça ainda há fogo.

Afora as ameaças de morte à pessoas que com chance de ganhar e com ideal para trabalhar em prol da população, que são convidadas a fazer parte dos grupos que dominam as câmaras, ou entra para a popular “panela” ou se mexer em muitos domínios ou feudos pode amanhecer com a boca cheia de formiga. Muitos casos chegam estarrecer a opinião pública após sua
concreção como assassinatos de prefeitos e candidatos que outro queria eliminar para ficar com seu eleitorado.

Lei para um 

Enquanto a caravana de políticos passa os postos de saúde da periferia ululam pela falta de médicos, excesso de pessoas e até por falta de medicamentos e material básico para tratamento de úlceras provocadas por erisipela, leishmaniose. Entrementes quem pensa que a loucura da falta de administração ataca apenas o setor público, engana-se. O setor privado devido a baixa remuneração também é corroído pela falta de atendimento. Mesmo para usuário que desembolsa quantia de mais de R$ 300,00 mensais para se atendido rápido foi caso de dois atendimentos no hospital Belo Horizonte que precisou de a imprensa eletrônica intervir, de mais de três horas e falta de profissional, tudo se resolve muito mais rápido.

A figura do político profissional se consuma quando ele se elege de duas a mais vezes com vereador ou qualquer cargo político e quando não se elege é designado para cargos de quarto até segundo...É muito descalabro que assistimos na política atual. A sordidez dos partidos políticos que se coligam para eleger prefeito, governador e presidente, é uma das mais emblemáticas, e as consequências que essa prática traz. Essa que não é nova foi usada por Brizola, quando vivo, que se coligava com gente do PDS em Santa Catarina, sendo ele socialista de Segunda Internacional, do PSDB e agora do PT que até com o DM- Partido Democrático, considerado à direita ou conservador e agregar desde banqueiros, super atacadistas a latifundiários. Enfim o
saco de gatos que muito se costuma falar essa é a política brasileira de bastidores.

Em resumo, cria-se a profissionalização do eleitor, lê-se, feudo político ou curral eleitoral, e o político profissional. A figura do político profissional se consuma quando ele se elege de duas amais vezes com vereador ou qualquer cargo político e quando não se elege é designado para cargos de quarto até segundo escalão como o jargão político cita os empregos para os beneficiários de campanhas ou políticos que não conseguiram a reeleição. A pergunta que cabe é a de que se o mandato do presidente da República através da constituição é de 2 mandatos, qual a razão de outras instâncias de poder admitir que as assembleias legislativas e câmaras municipais tenham deputados e vereadores com vários mandados, como também o deputado federal. Uma leia para o executivo e outra para o legislativo?

Com isso, a poli com ética, as várias éticas ou a cidade correta, do bem ou mais
romanticamente a arte de se administrar o bem comum em prol da sociedade como um todo, se esboroa em tanta desfaçatez, conchavos e o pior, na mais bárbara ação contra a liberdade de expressão, de ir e vir e no desrespeito dos Direitos Humanos nacional e internacional. Pois o ser humano que atenta contra a vida de outrem para atingir objetivos sórdidos comete ato de insanidade mental e colabora para o atraso da humanidade para a evolução maior que é a unidade de consciência.

Marcelo dos Santos
MTb 16539 – SP/SP

O racismo e o preconceito com o negro, é o mesmo com o pobre, o sem trabalho, sem dinheiro

A questão do racismo no Brasil, equipara em níveis diferentes, a outra discussão que nunca chega ao bom sendo, o aborto. Ambos possuem leis que pune e regula, o fazer e a emissão de ideias e opiniões e até gozações que mexa com a cor da pessoa ou a compare com animais.

Por um lado, as feministas defendem de todas as maneiras, o que elas mais prezam, o direito de decidir sobre seu corpo e portanto defendem que o corpo é individual e que ela decidem então o que fazer e o aborto está dentro desse contexto.
Resultado de imagem para dia de zumbi fotos
Zumbi dos Palmares (Alagoas,1655 – Alagoas, 20 de novembro de 1695)


Os negros, mesmo com a Lei de crime hediondo, sem direito a fiança, e liberdade, não param a luta e de expressar pensamento sobre a supremacia branca. No entanto, todos, desde militantes como músicos e políticos. Não esboçam sequer o desenho da raiz do problema que começou na África, e que até mesmo, possui origens históricas, muito antes do a escravidão dos séculos a partir do XVI até meados do século XIX. O negro era vendido pela sua tribo, era vendido como troféus de guerra, capturados na marra. Obviamente, com incentivo de brancos que comercializavam pessoas, tanto brancos, amarelos, negros, árabes. A escravidão nunca teve cor, raça, idioma. Escravidão sempre foi escravidão em qualquer país e idioma. E, todos os povos já foram escravos, até mesmo os hebreus, quando perdiam guerras e toda a sua tribo era submetida a trabalhos forçados e dos mais vis.

A bandeira e a reclamação dos negros brasileiros e norte-americanos. No Brasil, é bandeira esfarrapada. O maior líder dos negros,Martin Luther King Jr.
, era pastor luterano, religioso e fez o maior movimento negro que a América do Norte já teve e conseguiu vitórias que até hoje nenhum dos movimentos conseguiu. Na sua época já havia os Panteras Negras, com Malcolm X e outros que vieram depois como Black Power's. O que mais esnoba, é que o negro, quando chega no poder ou quando tem alguma coisa, ele esquece de sua gente, de sua pele, do quanto ele lutou para chegar onde ele chegou e não faz nada pelo seu povo.

As reclamações do próprio negro, aqui no Brasil, contra Pelé, por exemplo, é tão grande que exaspera ver as pessoas falarem que odeia o Pelé. Sendo que ele passou por todo o preconceito, racismo aqui no Brasil, sendo jogador de futebol, sendo proibido de entrar em determinados locais e brancalizando à medica que ganhava dinheiro com o esporte que se consagrou como Rei e quando foi para fora do país. Quantos negros ascenderam através da trajetória de Pelé foram muitos e em todos os postos. Só que não sabem lutar e não conseguem lutar.

O negro, o branco, mestiço, mulato e a mescla todo que compõe o brasileiro e mora na favela ou periferia não luta para ter educação, saúde. Portanto, o sistema faz ainda a política que Pedro Álvares Cabral fez com os índios, espelhinho e bugigangas para enganar os sílvicolas.
Resultado de imagem para negro e branco nas favelas fotos
Baile funk na favela com negros, brancos, pardos, morenos tudo misturado

Parece cruel, os que estudos nas vilas e favelas, são tidos como mauricinhos, otários e sempre são colocados ao lado. O que vale é a malandragem, aquele trabalha, estuda e luta com todo o seu ânimo contra o sistema perverso que privilegia, quem não faz nada, aquele que fica bebendo o dia inteiro nos botecos, que vira alcoolista crônico, muitos alteram doenças que podem ser controladas e querem se aposentar e muitos já conseguiram. É isso, que o sistema objetiva, controlar essas pessoas e assim ficar com dinheiro maior que teriam que investir nessas pessoas para tivessem escolaridade, deixassem de ser analfabetos, ou alfabetizados funcionais, que apenas sabem ler e assinar o nome.

É cruel, mas o negro, não está somente na classe E, ou seja, é pobre, existem negros na classe B e até ricos. E, muitos ascenderam devido a oportunidades que agarram com vontade e se deram bem na vida. Estudaram, formaram e taralharam em sua profissão e chegaram a brilhar na sua função. Portanto, meritocracia. No entanto, a maioria pensa em consumo, estudo, se criou o jargão que é para rico e quem estuda é "tirado" como tal e tratado com deferência e olhado com diferença.

Há em todas as raças certo preconceito. Isso fica evidente em São Paulo, onde há grande imigração, por exemplo, os judeus não se misturavam de modo algum com os brasileiros e não casavam. Hoje, ainda há grupos que mantém tradições seculares. Os japoneses na década de 1910, quando começaram a aportar no Brasil, também se fecharam e não casavam com brasileiro de jeito nenhum.

O negro discursa sobre preconceito, racismo e que não há democracia racial coisa nenhuma. Esse discursos esconde um direito que não se discute internacionalmente. Seria o negro atual, herdeiros, filhos ou bisnetos de escravos, credores de indenizações devido aos 300 anos de escravidão de seus antepassados? Ao invés de discutir racismo, preconceito que possuem várias leis que protege o negro, a último, foi a cota racial, para negros nas escolas, universidades, faculdades, empregos públicos. Tudo porque o ensino público, é jogado, desorganizado, o qual deveria ter a mesma qualidade das escolas particulares, para que todos tivessem condições de concorrer de igual para igual. Mas, como a sociedade não exige isso e se contenta com o consumismo, o celular novo ou o celular que foi roubado e esquentado e que se vende nas bocas das favelas do Brasil e outras coisas mais.

O resgate do escravagismo seria como o resgate das torturas que presos políticos receberam do Estado democrático brasileiro, mesmo sob exceção, da Ditadura Militar, quantos hoje vivem de salários pagos pelo estado e salários bons de R$ 10.000,00 para cima, como indenizações, se valem ou cobrem os anos de dor, sofrimento. Isso é outra conversa. Como também a indenização aos negros filhos ou bisnetos, tataranetos de escravos, também não iria brancalizar, o negro. Este sempre pertencerá ao continente africano, sempre será negro, sua cor de pele não mudará com Lei, com dinheiro, casando com loira, tendo carrão ou qualquer coisa ele faça, ele se não se conformar nesse sentido, ele será infeliz para sempre, não há como mudar essa realidade. E, pelo menos na sociedade brasileira, não é visto diferente devido ser negro.

As pesquisas e os índices de que o negro é a maioria nas detenções, nos bolsões de pobreza, é verdade como também ilustra a falta de vontade e políticas do Poder Público em relação a população pobre em geral, condicionada pela opressão e pela entrega e desistência de lutar pelo caminho mais árduo, que é o estudo, o trabalho. O capitalismo que criou o trabalho em massa remunerado criou também o desemprego em massa sem remuneração. Com muita luta se conseguiu o Auxílio Desemprego, hoje relegado a quem trabalha mais de seis a oito meses de carteira assinada, o que não é mais possível, nem em economias organizadas, quem dirá em economias corruptas e que visam explorar o trabalhador negro, branco, mulato, amarelo, árabe, o que pintar na reta eles colocam no tronco das fábricas e depois despedem sem cerimônia de preferência quando estiver a faltar alguns anos para se aposentar que é para o cara penar um pouco mais.

A burocracia do Estado, que não tem cor, composta por muitos negros e mulatos, é a responsável direta de executar as Leis, e lei no Brasil, tem que ser cumprida, mesmo que ela seja corrupta, mesmo que ela seja elaborada com a pressão de empresas nacionais e transacionais. Nesse burocracia há muitos negros que ganham muito dinheiro. Esses negros não são tratados como "brancos" preconceituosos, racistas, no entanto, eles mantém o status quo e fazem com que a máquina funcione e mande para a cadeia quem desobedecer até mesmo portaria, normas, regras. Aĺém das leis.

Ouvi a música do compositor e cantor Luís Melodia, não percebi o contexto, mas ele diz, que: "...o poeta é malandro...", será porque ele pensa assim, noutra ele diz que o negro precisou apanhar para sofrer. Os crimes nas favelas, nas vilas, nas periferias são encobertos ou pelo silêncio da cumplicidade ou pela malandragem de ficar do lado do mais forte. O malandro é o poeta, qual poeta seria esse, o boemia, nem todos os poetas são boêmios, vivem a noite, olhando e namorando estrelas e a lua.

O negro se coloca como minoria nos movimentos, nunca foi minoria, as estatísticas demonstram que é hoje quase 52% da população brasileira, se não for mais. Como a mulher também é a maioria dentro da sociedade brasileira. Há diferenças entre os negros. Michael Jackson quando foi à África contam que ele sentiu tanto o mal cheiro dos africanos que tapou as narinas. Talvez tenha exagerado, mas aqui mesmo relatam que o indígena brasileiro possui cheiro característico forte, talvez devido, aos preparados que passa pelo corpo e pela falta de banho e dos cremes e perfumes, sabonetes que a sociedade chamada de civilizada usa e abusa, vamos dizer.

É preciso caminhar com o pensamento abrangente de estudo sociológico, filosófico e antropológico do homem para abranger as temáticas difíceis e caras à humanidade neste momento. O racismo, o preconceito a desigualdade racial, econômica está neste contexto, e precisa ser contextualizada, não pode os meios de comunicação ditar regras e normas. Estar acima das leis e das discussões. Se o negro é lindo, o moreno, o amarelo, o vermelho e o branco também o são, todos são lindos, todos nasceram para viver e ter vida em abundância e qualidade.

Nossa sociedade atual reclama exatamente por uma coisa, o materialismo. Antes ter, possuir do que construir, projetar, estudar, correr atrás, sonhar. Isso é para trouxa, otário. Impera, então a lei do malandro, ele sempre está certo, não vou trabalhar, não vou lutar, tudo é assim mesmo e vou viver do jeito que posso e quero viver. Tanto pode estar no poder quanto no asfalto, a ideia que a vantagem é essa, afinal, não existem mais heróis, mártires e sim espertos, quando todos são espertos, não existe bobo para ser enganado, então começamos a enganar a nós mesmos, aos amigos, aos parentes, irmãos e assim criamos todos os tipos de desafetos, animosidades até chegar ao crime, violento e bárbaro, com ou sem explicação.

O negro, mesmo aquele que possui canais para se expressar, é desunido, não há luta uníssono como o Zumbi dos Palmares, durante o Império português no Brasil, não há luta como a de Marther Luther King, como de um Gandhi, que pregou o tempo todo o pacifismo, mesmo assim, foi morto por paquistanês que odiava a Índia  ainda brigam entre si e são do mesmo tronco, da mesma raiz.

Além disso, o negro quando grita pelo racismo, não aponta as várias "raças" de negros: bantos, zulus, iorubas e outra que entraram como escravos capturados ou vendidos da África. A luta do negro, é a mesmo luta do explorado, este não tem cor, não tem credo, não tem dinheiro no banco, não tem fortuna, é o pobre que oscila pela força de seu trabalho, entre a miséria a e pobreza, entre a comida de qualidade e a fome.

No mês de novembro é o mês que comemora o dia de Zumbi, várias comemorações, que não podem ficar apenas resumida neste dia, hoje, histórico. Mas, sim uma luta para o ano todo. Não devemos também polarizar como querem e fazem nos USA a questão entre brancos e negros com supremacia ou não, bairros como há na França para Árabes, como há nos USA para negros, e também, brancos, os negros na maioria.

Marcelo dos Santos - jornalista.





Diretor-executivo da PF assumirá Secretaria Nacional de Justiça, diz Torquato

CIAS

Diretor-executivo da PF assumirá Secretaria Nacional de Justiça, diz Torquato
O diretor-executivo da Polícia Federal, Rogério Galloro, assumirá a Secretaria Nacional de Justiça, informou nesta quarta-feira (8) à TV Globo o ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Resumo do dia: fique por dentro da política nacional
O chamado “Dia Nacional da Paralisação” deve acontecer em todas as capitais e no Distrito Federal, a partir das 9h30min. “Mais do que um ato de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Governo marca para junho de 2018 quarta rodada de leilões do pré-sal
Conselho Nacional de Política Energética também agendou marcou para 29 de março a 15ª rodada de concessões de blocos de petróleo. Colegiado ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Painel BAP realiza primeira pesquisa Afrodescendentes & Política
A Pesquisa Afrodescendentes & Política é uma iniciativa exclusiva do Painel BAP que, por meio de sua consultoria própria a B4B - BAP for Business, ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


RenovaBio e política da Petrobras devem estimular listagem de usinas, diz São Martinho
O governo tende a enviar o RenovaBio ao Congresso Nacional como um projeto de lei (PL), e não mais como medida provisória (MP). Nessa linha ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Por verbas adicionais, prefeitos vão a Brasília em nova mobilização nacional
Ele assegura que somente com a adoção de uma política econômica responsável, a partir da distribuição justa do bolo tributário nacional, é que os ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Conciliador, Marconi é o candidato da pacificação do PSDB nacional
Conciliador, Marconi é o candidato da pacificação do PSDB nacional ... A capacidade de conciliação política de Marconi é o principal argumento das ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

O Michel Temer está fazendo: Temer se diz só e abandona reformas. Bolsa desaba


Michel Temer
Atualização diária 9 de novembro de 2017


NOTÍCIAS



Em artigo, Temer diz que 'não há tempo a perder' e que é preciso aprovar a Previdência
BRASÍLIA — O presidente Michel Temer publicou, nesta quarta-feira, um artigo no jornal português “Diário de Notícias” para dizer que vai "seguir ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante




PMDB dará empurrãozinho a Temer em propagandas do partido
... próxima semana e o programa do partido, que será veiculado no fim do mês, tentarão melhorar a imagem do governo do presidente Michel Temer.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Requião: “Só a revolução popular para barrar as reformas de Michel Temer
Blog do Esmael Morais - Os senadores Roberto Requião (PMDB-PR) e Lindbergh Farias (PT-RJ), em entrevista à TV Comunitária de Brasília, nesta ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Temer veta mudança na Lei Maria da Penha que transferia funções da Justiça à polícia
BRASÍLIA — Diante da pressão de movimentos em defesa das mulheres e de recomendações de dois órgãos do governo, o presidente Michel Temer ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Bolsa sobe 0,6% após pior pregão desde maio; dólar cai a R$ 3,25
No pregão de ontem, causou mal estar a declaração do presidente Michel Temer admitindo que a reforma poderia ser derrotada. À noite, porém, o ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante




Michel Temer garante que crise brasileira ficou para trás
Michel Temer garante que o Brasil voltou “aos trilhos”. Num artigo de opinião publicado na edição desta quarta-feira do Diário de Notícias, ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Temer já fala em tirar PSDB do governo antes de março
BRASÍLIA — Inicialmente prevista para março do ano que vem, o presidente Michel Temer já admite dar início à reforma ministerial ainda este ano, ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


WEB

Agenda do Presidente Michel Temer
Aspirantes FLÁVIO GIRO de Oliveira Filho e NARAIANE Machado Feitosa do 4º da Escola Naval e Capitão-Tenente Gustavo de Oliveira DIAS.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


O presidente Michel Temer reúne equipe para tentar reforma
Depois de sinalizar a parlamentares e ministros que a reforma previdenciária pode ser recusada pelo Congresso, o presidente Michel Temer fez ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


O presidente Michel Temer divulgou um vídeo para dizer que está empenhado pela Reforma da ...
O dólar iniciou a quarta-feira (8) com leve queda ante o real após o esforço do presidente Michel Temer para mostrar que está empenhado na ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Sartori se reúne com Michel Temer e entrega proposta de recuperação fiscal do Rio Grande do Sul
O governador José Ivo Sartori entregou, nessa quarta-feira, ao presidente Michel Temer, em Brasília, o pré-acordo para a adesão do Rio Grande do ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Mídia Ninja
O ilegítimo Michel Temer quer vender o país e entregar a Caixa Econômica, o Banco do Brasil, a Petrobras, a Eletrobrás, os Correios e outras...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Michel Temer em reunião de Líderes da Base Aliada no Senado Federal
Michel Temer em reunião de Líderes da Base Aliada no Senado Federal. 8 de novembro de 2017, às 09h51. 10. Compartilhar no Facebook · Tweet.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Michel Temer em reunião com a Deputada Soraya Santos (PMDB/RJ)
Michel Temer em reunião com a Deputada Soraya Santos (PMDB/RJ). 8 de novembro de 2017, às 09h57. 6. Compartilhar no Facebook · Tweet.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Temer se reúne com Maia e ministros para discutir reforma da Previdência
BRASÍLIA - O presidente Michel Temer está reunido com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e relator ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Michel Temer grava participações em programas do SBT, vai lembrar quem: João Baptista de Figueiredo, será que vem a dita por aí?

Michel Temer Atualização diária  ⋅   19 de janeiro de 2018 NOTÍCIAS Preferido do DEM para o Planalto, Maia despista: 'Não sou car...

Jornal de Saúde